Cesama - água é vida

Newsletter

Receba todas as novidades da Cesama.

?>
 

Serviços

Somando os quatro sistemas: Dr. João Penido, CDI, São Pedro e Chapéu d’Uvas, além das ETAs compactas (Torreões, Valadares e Sarandira) e os poços artesianos, a capacidade de produção de água está estimada em aproximadamente 2.400 litros por segundo.


DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA

Para atender à população urbana de Juiz de Fora, a Cesama conta basicamente com quatro sistemas de abastecimento: Dr. João Penido, CDI, São Pedro e Chapéu d’Uvas.

Estes sistemas de abastecimento são compostos de quatro grandes adutoras, de reservatórios de pequeno, médio e grande portes, de subadutoras, redes troncos e redes de distribuição propriamente ditas.

De forma a garantir o abastecimento de água nas partes altas da cidade, a Cesama mantém em funcionamento estações elevatórias espalhadas em diversos bairros.


represa são pedro
PRINCIPAIS UNIDADES OPERACIONAIS:

Adutoras:

* Dr. João Penido Filho - 9,7 km de extensão;
* Menelick de Carvalho - 9.7 km de extensão;
* Terceira Adutora - 13,5 km de extensão;
Chapéu d’Uvas - 17,5 km de extensão

Número de reservatórios: 90.

Capacidade de Reservação (total): 49.000 metros cúbicos.

Elevatórias de água: 153

Elevatórias de esgoto: 12

CONTROLE DE QUALIDADE

A Cesama possui três estações de tratamento de água (ETA): ETA Marechal Castelo Branco (Sistema João Penido) ETA Walfrido Machado Mendonça (Sistema CDI e Chapéu d’Uvas) ETA São Pedro (Sistema São Pedro)

Além do tratamento convencional, que segue os padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde (Portaria nº 2914/2011) e pela Organização Mundial da Saúde, a água fornecida à população de Juiz de Fora é fluoretada.

Antes de ser distribuída, a água passa por análises físico-química e bacteriológica, realizadas no Laboratório da Cesama, que funciona na rua Tupi, nº 260, Bairro Centenário.

Com o objetivo de melhorar ainda mais a qualidade da água servida à população, a Cesama está desenvolvendo um sistema automatizado de dosagem de produtos químicos e análise da água. Através de computadores, será possível saber com exatidão a quantidade necessária de produtos químicos a serem utilizados no tratamento. Estes equipamentos também registrarão os índices de PH e turbidez da água.

Além de garantir um controle mais preciso da qualidade da água, outra vantagem deste sistema será a redução no custo do tratamento, uma vez que não haverá desperdício de produtos químicos. É pretensão da Cesama adotá-lo nas ETAs da cidade.

Cesama EM NÚMEROS
Índice de atendimento à população Água Tratada: 99,14% / Coleta de Esgoto: 98,28%
Número de Ligações 136.178 ligações de água / 134.018 ligações de esgoto
Volume de água consumido (micromedido) 2.457.822 m³ médio/mensal
Volume de água macromedido 3.752.582 m³ médio/mensal
Volume de água produzido

4.128.366 m³ médio/mensal

Volume de água fluoretada 3.920.953 m³ médio/mensal
Economias Água 231.595 unidades
Economias Esgoto 229.579 unidades

Dados: Dezembro de 2015.

 

Fale Conosco

>> Intranet

© 2010 - Cesama - Todos os direitos reservados . Termos de Uso

ato.interativo - agência web