Cesama - água é vida

Newsletter

Receba todas as novidades da Cesama.

 

Serviços

 

Publicado em: 26/11/18

Reservatório da Cesama ganha nova identidade visual durante a “7ª Mostra de Graffiti Purencontro”

Reservatório da Cesama ganha nova identidade visual durante a “7ª Mostra de Graffiti Purencontro”

 

Nesse final de semana, os moradores da Rua Tupi, no Bairro Santa Terezinha, foram surpreendidos com a nova identidade visual do muro do reservatório Henrique de Novaes, que pertence à Companhia de Saneamento Municipal (Cesama). Nos últimos dias, seus 240 metros de extensão foram grafitados por artistas de 18 estados, que vieram participar da “7ª Mostra de Graffiti Purencontro”, realizada na Escola Estadual Sebastião Patrus de Sousa, situada ao lado do reservatório.

Visitado por cerca de 500 pessoas, o evento conclui uma parceria entre a Cesama e a Associação Juiz-forana de Hip-Hop, que teve início em setembro e também contemplou as unidades da empresa nos bairros Paineiras, Alto dos Passos, JK e Dom Bosco. Além da grafitagem do reservatório e da própria escola, a mostra ofereceu diversos serviços à população, como corte de cabelo gratuito, aferição de pressão, oficina de desenhos, escultura de balões e apresentações de rap.

O organizador do evento, Igor Tenxu, foi o responsável pela grafitagem das unidades da Cesama. Para ele, o projeto serviu para dar vida nova aos locais, integrando arte urbana e cultura: “é um serviço que enriquece a cidade visualmente, uma vez que quem passa perto das obras admira e quem mora próximo desses locais se sente valorizado. O reservatório Henrique de Novaes, particularmente, foi um desafio interessante, pois foi um dos maiores espaços que já grafitamos, servindo como um ótimo local para divulgar diferentes estilos artísticos”.

“Tanto o muro do reservatório quanto algumas partes da nossa escola estavam desgastados já há algum tempo. Com isso em mente, pensei em uma ação conjunta de revitalização, que envolvesse tanto a gente, quanto a Cesama. Assim, em 2017, demos início aos preparativos”, contou a diretora da Escola Estadual Sebastião Patrus de Sousa, Miriam Ramalho. Segundo ela, a colaboração entre todos os envolvidos foi fundamental para o sucesso das atividades: “a Cesama forneceu o material de pintura, nós cedemos o espaço e hospedamos os artistas. Além disso, contamos com o auxílio dos nossos fornecedores da cantina, que enviaram alimentos”.

O grafiteiro pernambucano J. R. Cam foi um dos 200 artistas que participaram do evento. Em sua segunda visita à Juiz de Fora, ele destacou o intercâmbio de experiências e o tamanho da mostra, cuja sétima edição foi a que mais reuniu grafiteiros. “A receptividade ao nosso trabalho foi muito boa. Com tanta gente trabalhando junto, tivemos a oportunidade de mostrar diferentes estilos. Isso é gratificante, porque preparamos os temas com antecedência, através do nosso grupo, o Sempre Na Evolução (SNE), que reúne pessoas de todo o país”, afirmou.


* Informações com a assessoria de comunicação da Cesama pelo telefone 3692-9179.


 

Imagens


 
 

+ novidades

 
 
 
 

>> Intranet

© 2010 - Cesama - Todos os direitos reservados . Termos de Uso

ato.interativo - agência web